Curtir no Facebook

facebook

sábado, 29 de maio de 2010

Cautela

Eu acredito em tudo que escrevo aqui. Acredito que o pensamento tem poder e por isso tento direcioná-lo para o que há de melhor e confesso que muitas vezes me surpreendo com que sai destas minhas simples palavras.

Aprendi que tudo o que vem naturalmente é bom, o fácil é o certo, porém, ainda sim, preciso ser responsável.

Eu acredito no potencial das minhas palavras, por isso preciso ser cauteloso ao escrevê-las.

29 de Maio de 2010.

sábado, 22 de maio de 2010

Mantra

Quando acho que não vou conseguir nenhum tema relevante para escrever, quando penso que a inspiração me faltará eu paro e medito: “- Só por mais esta semana eu vou escrever algo”. Sento, escrevo e publico e estou pronto para a próxima postagem.

É assim que temos que encarar os dias ruins, lembrar de viver um dia de cada vez e não se entregar. É só por hoje, amanhã é um novo dia.

Então, só por hoje eu vou ser feliz.

22 de maio de 2010.

sábado, 15 de maio de 2010

Correção

Há algum tempo, tenho publicado alguns dos posts escritos originalmente pra cá ou fragmentos destes em outros espaços na imensa blogosfera. Assim, mais pessoas podem ler meus textos e compartilhar comigo o que aprendo.

Algumas vezes, percebo que cometi erros e aproveito o momento para consertar.

E ao consertar meus erros na produção dos textos aprendi que também posso rever minha vida e, ao fazer isso, posso encontrar alguns erros. Da mesma maneira que corrijo meus textos, posso corrigir algo que fiz e saber que isso não é ruim.

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.” - Chico Xavier

15 de Maio de 2010.

sábado, 8 de maio de 2010

Chuva

Apesar do cansaço da semana, este barulhinho de chuva no telhado me animou a escrever. É um som realmente mágico.

E como mágica, lembro que é preciso a chuva para que apareçam as flores e destas, os frutos que alimentam e geram novas plantas.

Apesar do cansaço, a chuva me lembrou que preciso cuidar do meu jardim, para que ele flora e assim colher e compartilhar os frutos, selecionar sementes e plantá-las na próxima estação.

Post concluído.

08 de Maio de 2010.

sábado, 1 de maio de 2010

Desapego

Estamos em maio novamente. Foi-se quase um semestre e, para mim, o ano começa. Transito para uma nova etapa, uma nova fase, busco a transformação para o melhor e luto com o meu instinto taurino para me desapegar de coisas que já não me servem mais.

Na verdade, todos nós a todo momento precisamos nos reciclar, valorizar o que é bom e atentar que o bom é aquilo que não nos causa dependência. Semear esperança, paz, amor. O futuro começa hoje.

Se tiver que manter alguma coisa, que seja a experiência e o conhecimento (e mesmo estes precisam ser reciclados), o mais, jogue fora. Deixe espaço para o novo.

01 de Maio de 2010.