Curtir no Facebook

facebook

sábado, 15 de março de 2008

Simplicidade

Nossos leitores gostavam do “Berelando...” porque era simples. Talvez a pretensão fosse algo mais elevado, com conteúdo social e ético, mas, em nossas linhas escrevíamos a simplicidade.

Nos dias atuais, tentamos provar a todos que somos cultos, que entendemos de arte, que sabemos o que é bom ou ruim. Seguimos paradigmas feitos por tantos outros cultos, letrados, filósofos etc. Mas isto nos deixa realmente satisfeitos? Somos sinceros com nós mesmos?

Em uma edição do “Berelando...” resolvi fazer uma enquete com as músicas que não podiam faltar numa festa. Em minha mente, cheia de preconceitos, imaginei uma lista de clássicos do rock, de músicas que se tornaram hinos de uma geração. Imaginei The Doors, Bob Dylan, Zeppelin (Claro que imaginei Beatles e Stones também, afinal também gosto de diversão). Confesso que fiquei surpreso quando apareceram entre as mais votadas – e muito bem votadas - Dancing Queen (ABBA), Staying alive (Bee Gees), Grease (Olivia Newton-John & John Travolta), YMCA (Village People) entre outras.

Depois refleti. É muito bom ter conhecimento, mas o que conta mesmo são as coisas simples da vida, o que nos diverte, o que nos faz relaxar, o que nos faz mais feliz.

15 de março de 2008.

3 comentários:

Rubens Alvs Jr disse...

O simples é o essencial e muitas vezes o mais difícil!

Anônimo disse...

O simples muitas vezes não é entendido. Muitas vezes é ignorado. Mas é o que sempre buscamos, porque sempre é o que nos satisfaz.
Neto,
votos de felicidades em todos os seus caminhos!
Simples assim!
Diana.

Anônimo disse...

Que bela surpresa este blog Neto!! Certamente serei um leitor assíduo deste blog! Abraço!!
Fernando Nery.