Curtir no Facebook

facebook

sábado, 25 de julho de 2009

Estímulo


Ninguém é totalmente tolo, incapaz de perceber que a vida ensina. Às vezes exige um pouco mais tempo.

Não sei por que escrevo aqui, talvez eu tente mostrar o que a vida me ensinou. Sei que cada um é capaz de conseguir tudo aquilo que realmente deseja (e repito que é nossa responsabilidade desejar a coisa certa).

Alguns não entendem, mas este estímulo que tento passar é a melhor maneira que encontro para estimular a mim mesmo.

Eu não aspiro a iluminar os homens com minha lanterna: minha única ambição é ajudá-los a melhor contemplar o sol”. – Gustave Thibon

25 de julho de 2009.

11 comentários:

Zenaide disse...

Estímulo é um vício, somos muitas vezes dependentes de uma palavra que provoca em nos a ação...Que inove e incita nossos acertos e erros.

Vera disse...

Neto, a primeira e melhor reflexão é a sua, antes da publicação no Blog. Ao lermos, temos sempre a oportunidade de deturpar o seu raciocínio.
Quando tentamos ensinar, sempre aprendemos algo novo e quando oferemos um bom conselho, nossos ouvidos são os primeiros a recebê-lo.
Permita Deus que nossos corações também.
Beijos e ótima semana!

ADNA disse...

Podemos acreditar que tudo que a vida nos oferecerá no futuro é repetir o que fizemos ontem e hoje. Mas, se prestarmos atenção, vamos nos dar conta de que nenhum dia é igual a outro. Cada manhã traz uma benção escondida; uma benção que só serve para esse dia e que não se pode guardar nem desaproveitar.
Se não usamos este milagre hoje, ele vai se perder.
Este milagre está nos detalhes do cotidiano; é preciso viver cada minuto porque ali encontramos a saída de nossas confusões, a alegria de nossos bons momentos, a pista correta para a decisão que tomaremos.
Nunca podemos deixar que cada dia pareça igual ao anterior porque todos os dias são diferentes, porque estamos em constante processo de mudança.

Paulo Coelho

BEIJOS

Marijane disse...

O que nos estimula? Acho que se pudermos responder a essa pergunta, seremos capazes de revolucionar as nossas vidas! Qual é a sua paixão?
Neto, a sua paixão, ou uma delas, é escrever esse blog semanalmente... A minha, ou uma das minhas, é a certeza de que você escreveu!!!!
Beijos e boa semana!

Luciana disse...

Parece que estímulo se baseia na capacidade imensa que o nosso cérebro tem de estabelecer relações, ligações, conexões entre tudo; de fato, fazemos isto todo o tempo, ligando o que vemos e ouvimos ao que conhecemos e estabelecendo conexões entre o que já sabemos.
Muitos são capazes de escrever milhares de coisas, mas poucos (como você) conseguem despertar raios de luz aos que jazem ameaçados pelo desânimo.
É engraçado que as duas mais expressivas manifestações humanas, o riso e a lágrima, são comuns à todos...uma frase ou um gesto só,aquecidos de reconhecimento e de amor, que os induzam a sofrer ou a viver ...
Continue a nos estimular com suas palavras, gestos e exemplo, pois saiba que o seu estímulo tem o poder da gota de óleo quando colocada para lubrificar a máquina seca.
Obrigada pelo se exemplo bjus

Anônimo disse...

O estimulo que move o mundo o" amor "... amor pelos filhos, pela vida....

Pensadora disse...

a vida é uma eterna aprendizagem...
Se puder,visite:
http://pensamentossubentendidos.blogspot.com/
TE CUIDA!BOA SEMANA PRA TI!

Sonia A Dias disse...

Oi Neto, que legal! mande-me sim, vou adorar!!!

meu email (sonia@advas.com.br)

Abs e obrigada pela visita,

Sônia, A Letreira.

William de Corte disse...

Vejo o estímulo como o recheio do bolo, uma pitada de animo para os dias...um empurãozinho interior capaz de abrir novas ideias...E o que me estimula muito é tentar entender as coisas e ver o lado bom delas já precisei errar muito para aprender e sei que aprender e errar estão sempre nos nossos dias.

um beijo a todos.

rose disse...

neto, dia 7 de julho tentei o suicidio, fiquei enternada 10 dias no hospital, n vou falar o motivo aqui, porque vc sabe que sou meia revoltada com a vida, e pior nao tenho um mutivop grave para me suicidar apenas nao entendo a vida, e morrendo acredito eu que minhas angustias se acabariam de vez
obs estou escrevendo com o braço esquerdo e com um dedo so, pois como te falei eu quebrei o braço e estou com 3 pinos no punho, ta doendo pra cacete.
adoro ler o que vc escreve, pena que nao levo isso como lição de vida.
rose

desculpe os erros de portugues

Debora disse...

Olá!

Realmente, estimular ou ajudar o próximo é o que mais nos ajuda.
Dei uma olhada superficial no seu blog; gostei muito! Agora que estou com um pouquinho mais de tempo vou visitar com mais frequência.

Muito obrigada pelo seu comentário no meu blog! Voltarei a atualizá-lo na próxima semana.

Um abraço!