Curtir no Facebook

facebook

sábado, 14 de agosto de 2010

Confiança

Algumas vezes eu penso que não conseguirei escrever nada neste blog. Quando perco a confiança tudo fica mais difícil. Ai eu paro, revejo o que eu já escrevi, lembro pelo que eu já passei, me lembro quem eu sou e de onde vem a minha inspiração.

Nas batalhas do dia-a-dia, muitas vezes perdemos a confiança, ficamos inseguros e tudo se torna mais difícil, pensamos que não iremos triunfar, não vemos a luz no fim do túnel.

Lembre-se: A confiança é o seu presente divino. Você tem tudo o que necessita para vencer, o Universo sempre te ajudará a concluir o seu plano, só continue fazendo a sua parte.

14 de agosto de 2010.

5 comentários:

Mônica Modesto disse...

Devemos sempre confiar em nós mesmos ,pois nosso instinto é o melhor que pode existir.
Não podemos perder a confiança e achar que tá tudo perdido.
E ainda bem que você não perde a sua, e quando ela tá quase indo embora você traz ela de volta.
Muito bem rsrsrs.
Beijo

Debora Helena disse...

Confiar na vida é um conceito imprescindível, né?
E mais; precisamos confiar também nas pessoas. Já reparou que aquelas pessoas desconfiadíssimas são as que mais fazem porcaria? Pois é... O preço da nossa confiança é o da nossa confiabilidade...
Beijos!

Anônimo disse...

Nossa, er tudo o que eu precisava ler hoje. Hoje tive uma queda horrível no quesito confiança...doeu, deu vontadede chorar, engoli o choro, tomei sol para energizar, pensei em um poder superior e...li seu blog. Muito bem vindas as palavras, entraram pelos olhos, passaram pela mente e atingiram em cheio o coração.
Saiba que suas palavras fizeram a diferença na vida de alguém. Beijo grande Deborah Orfali

Marcia disse...

Embora pareça muito confiante às vezes me falta acreditar em mim e no quanto sou capaz. Isso atrapalha pois no dia-a-dia podemos perder oportunidades simplesmente por não confiar. Depois desse post vou tentar mudar esse quadro. Quanto a voce meu querido, continue resgatando a sua confiança pois é através da sua, como nesse caso, que conseguimos resgatar a nossa, concordam leitores e amigos?! Bjs a todos!!!

Luciana disse...

A todo momento, podemos nos deparar com pessoas indo e vindo atormentadas, carregadas de desilusões e muitos dissabores da tão mal vivida vida que têm. E vira e mexe estamos sempre buscando algo, sem saber ao certo o que realmente queremos, então procuramos nos bens materiais e nos nossos interesses imediatistas; satisfações que provisoriamente nos alegram e que em pouco tempo nos encontramos em profundas dúvidas, medos, pensamentos/sentimentos contraditórios etc. Penso que todo nosso “sofrimento/tormento” se dá pela falta de vivenciar a verdadeira Fé. A confiança no Pai Amoroso que nos deu ao nascer tudo o que necessitamos para crescermos em amor, bondade e espírito; mas não conseguimos alcançar e desenvolver esses presentes celestiais, por causa da nossa vã inteligência. Nos julgamos inteligentes demais, para crer que ao cumprir com os nossos deveres diários, sem olhar se o vizinho está cumprindo o seu; sem faltar com respeito ao próximo, sem julgar, sem reclamar , é fato humilhante. Emanuel diz: “ A Fé na essência, é aquele embrião de mostarda do ensinamento de Jesus que, em pleno crescimento, através do trabalho incessante, se converte num Reino Divino, bênçãos de paz e alegria, engrandecimento e sublimação.” Se não vivenciamos a confiança em Deus, é o mesmo que saber que existe um belo campo improdutivo, uma bela fonte que não se movimenta para fertilizar o campo, ou ainda como uma luz que não ilumina a escuridão, ou como guardar as sete chaves ensinamentos de ídolo morto...