Curtir no Facebook

facebook

sábado, 20 de março de 2010

Fotografias

Eu gosto de fotos. Gosto de fotografar pessoas e paisagens. Não sou muito bom com fotos “artísticas” e por isso a maioria das fotos deste blog são de autoria do meu primo Fernando, mas pessoas, estas sim, são a minha especialidade.


Gosto da idéia de eternizar um momento feliz, um sorriso, um abraço amigo, um lugar bonito. Nem sempre consigo e às vezes a própria tecnologia me atrapalha, mas sigo tentando e, para o bem de todos, acerto mais do que erro.


Como eu não posso fotografar pensamentos, eu os escrevo. Muitas vezes eu volto aqui, como num álbum de fotos, para rever meus pensamentos e de meus amigos, deixados nos comentários.

20 de Março de 2010.

8 comentários:

Tili Oliveira disse...

Neto querido, também adoro fotos, mas confesso que não tenho nenhuma vocação para isso. Confesso que me expresso melhor com as palavras, na busca incessante de tentar descrever o que senti ao avistar cada uma das coisas que chama/chamou minha atenção.
Mas tenho uma admiração profunda por quem consegue, com apenas um clic, mostrar tudo o que eu não conseguiria descrever nem em um milhão de livros.
Quero ver suas fotinhas certo?!
Beijos e boa semana!

Walkiria Rodrigues disse...

Foto também é uma de minhas paixões... embora eu não seja boa nisso. Muitos momentos vão ficar para "sempre", serão eternizados através das fotos. Como, por exemplo, quando vejo as fotos de meus filhos pequenininhos, aquelas expressões nos rostinhos deles... Não tem preço. Cabe aqui a sua frase: "Como eu não posso fotografar pensamentos...", as fotos são belas recordações de belos momentos.
Um bom Domingo e uma semana cheia de alegrias.
Um abraço
Walkiria

Anônimo disse...

BEMMMMM, ESQUECE, NÃO É PORQUE É HORA DE IR EMBORA!sABES QUE FOTO TAMBÉM É, SEMPRE FOI, E SERÁ A MINHA SEMPRE! TAI UMA UMA MANEIRA MÁGICA DE ETERNIZAR MOMENTOS, DIVIDIR INSTANTES E CONTAGIAR COM LEMBRANÇAS! UM DIA MEU ACERVO SERVIRÁ PARA ALGUMA DESSAS COISAS, E COMO SABES, ESTÁ A SUA DISPOSIÇÃO!! aBRAÇO! sR. ANÔNIMO.

Verônica disse...

Olá Neto! Olha que lindo esse poema, não tanto quanto aquela linda frase...(risos)

As fotografias que também são poéticas, revelam a luz como quem usa as palavras e definem composições como quem constrói versos.
Estudadas ou espontâneas, umas vezes rimam e têm métrica, outras tantas são livres e sem amarras gramaticais.
De qualquer destas formas podem nascer os mais belos "poemas", que revelam os sentimentos e a genialidade de quem os faz.... e que tocam o ser de quem os "lê"!

Banal ou invulgar, belo ou feio, claro ou confuso, rico ou pobre, perto ou longe, novo ou velho, morto ou vivo, grande ou pequeno, alegre ou triste... Tudo é relativizado na fotografia, tal como o valor e o significado que palavras iguais podem ter na escrita de poetas diferentes.

Há fotografias poema e há poemas com mil imagens!
Autor desconhecido

Beijos
Verônica

Anônimo disse...

Fotos??? sou suspeito em falar delas, pois adoro; e modesta parte foi uma das minhas matérias preferidas, a que tive as melhores notas. Apesar de não exercer a profissão, sou bom com elas.Quanto à pessoas você tem razão, e essas ficam eternizadas na memoria da gente,nos momentos mais felizes de nossas vidas.Parabens por mais esta postagem.
André Queiróz

Anônimo disse...

Aqui vai um pensamento para posteridade:

Queria eu ter mais tempo para escrever comentários para seus lindos textos. Me envergonho ao ver que há 9 meses, não escrevo em meu próprio blog. E o pior de tudo, saber que a culpa é totalmente minha, por não controlar meu próprio tempo...enfim de uma coisa posso me orgulhar...para ler seus textos, eu sempre arranjo tempo. Nunca pare de escrever. Beijo grande Deby Orfali

adna disse...

São momentos que congelam num instante e então conseguimos guardar. São necessárias quando nossa memória nos é vaga e limitada, e há momentos que precisamos manter vivos, e basta um click pra tê-los pra sempre.

Não são remédios para a saudade, mas reduzem muito ela. São provas de que, aquelas pessoas naquelas imagens existiram naquela hora, naquele minuto, naquele segundo, naquele momento. E você não permitiu que o tempo os apagasse, deixando-os não só vivos em você como para você. E então você percebe que aquilo que temos pra sempre, leva a eternidade para nos deixar. E as fotografias realmente vivem além de você.


Há quanto tempo você não vê um álbum de fotos de papel?
É... fotos impressas, do tempo em que ainda não havia câmera digital?

Outro dia eu tava procurando um documento em casa e achei, sem querer, uma caixa cheia de fotos de papel.
Estranho, né?
Hoje a gente tem a chance de planejar a foto.
Depois da câmera digital, todo mundo sai bem na foto.
Saiu ruim?
Apaga.
Os olhos ficaram vermelhos?
Faz outra.
O beicinho ficou esquisito?
hummm, tira de novo?

Aí eu fiquei pensando como era diferente quando a gente não podia decidir se ficava ou não ficava bem na foto.
A gente levava o rolo pra revelar e aí... a surpresa!
Tudo ficava mais divertido. os flagrantes eram reais.
A tecnologia embelezou as nossas lembranças.
Retocou as nossas imperfeições. não é mesmo?
As fotos, hoje, são guardadas em arquivos virtuais...
As caixas e os álbuns desapareceram.
Doido isso, né?

Aí eu peguei uma das fotos e me vi, na juventude, rindo com amigos.
O cabelo tava despenteado, a roupa amassada, a meia furada...
mas o meu sorriso tava ali...
Autêntico e intacto.
Por alguns segundos imaginei se eu não deveria ter dado uma ajeitada no cabelo, mudado de roupa, escolhido um fundo melhor para aquela foto...

Depois eu pensei:
Caramba! Se eu tivesse planejado qualquer pose pra aquele momento, eu teria perdido o melhor daquela lembrança:
O meu riso, flagrado na hora da alegria, sem retoques, sem truques.

Mas vocês não acham que a vida é meio parecida com foto de papel?
Porque os momentos são únicos.
Não têm volta.
O que foi torto, ficou torto. O que foi ruim, ficou ruim...
E o que foi bonito...
Ficou bonito pra sempre.

Tem coisa que não dá pra mudar, mesmo.
Sendo assim, eu acho que é melhor a gente estar sempre de bem com a vida.
Porque quando o riso sair na foto, com certeza, vai guardar pra sempre um momento bom...
Sem arrependimentos...
Sem nenhum remendo..

Itamir disse...

Fotos sao realmente td de bom,fazem parte das lembranças e relembrar e sempre muito bom!tenho assim como muitas pessoas fotos desde a minha infancia ate esses dias, velhos amigos e pessoas q ja se foram, vira e mexe dou uma olhada para voltar no tempo junto com meu pensamento..um abraço Netão!!