Curtir no Facebook

facebook

sábado, 29 de novembro de 2008

A volta


Em nossas histórias no “Berelando...” falamos sobre várias de nossas viagens: os imprevistos, as coisas engraçadas, a diversão e até nossos conflitos. Engraçado, sempre que falamos de nossas viagens nunca comentamos ao final, como o retorno à nossa casa é tão bom e prazeroso quanto foi a viagem também.

Você pode ter ficado nos melhores resorts, com lençóis limpos e esticados todas as manhãs, ar condicionado, tvs com mil canais e outras tantas coisas para agradar ou dormir em uma barraca de camping, com areia e umidade, a sensação de voltar à nossa casa, dormir em nossa cama, com nossos lençóis e cobertores não tem coisa igual. Você não acha?

Sabe, às vezes eu acho que na vida acontece algo muito parecido. Muitas vezes corremos em busca de sucesso, de reconhecimento, de um lugar melhor para viver. às vezes alcançamos outras não, porém, mais cedo ou mais tarde, nos bate aquela nostalgia, às vezes beira a depressão. Talvez, nesse momento, seja a hora de retornar, de lembrar das coisas simples que vivemos e, sempre que possível, revivê-las novamente.

29 de novembro de 2008.

6 comentários:

Ve disse...

Minha casa é meu refúgio, meu recanto, meu tudo... Adoro sair, mas adoro voltar...

Cheirosa, tudo do jeito que eu coloco, aquela bagunça deliciosa que faço questão de manter, sempre com música, com flores, meu cãozinho correndo pra la e pra ca,meus filhos hora brincando outra brigando outra defendendo... muito bom...

Gosto de andar descalça, gosto de me espreguiçar em almofadas, gosto de regar minhas plantinhas, de sentar no chão pela manhã, em raro momento de silencio...

E tem meu quarto... lá é santuário... lá é calmaria... Lá além dos inumeros filtros dos sonhos coloridos que balançam no teto, tem silêncio... é meditação, é encontro comigo mesma, onde me deixo cair, onde me levanto, de onde saio refeita...

Capítulo a parte...a cozinha... Onde adoro passar momentos misturando coisas, uma alquimia deliciosa... Mais que uma obrigação, um prazer......Pena que são momentos raros...

Isso tudo é a descrição de um espaço físico de uma casa, algo material... Mas o prazer de estar nela é que a transforma em lar..

Beijos
Ve.....

Renata disse...

Verdade voltar pra casa é sempre umas das melhores partes de ter ido viajar..=]

Adoreiiiii!!!o blog..farei muitas outras visitas...

obrigada pela sua visita lá no meu cantinho...adorei o comentario...
volte sempre!!!

Anônimo disse...

Por que será que desejamos tanto voltar ao aconchego do lar, mesmo que seja depois de um dia de trabalho ou de uma longa viagem?
Aliás, acredito que muitas vezes é preciso ir para ter a alegria de voltar... E isso se dá também na vida! É no regresso que muitas vezes nos encontramos com nós mesmos e damos a oportunidade de sermos encontrados por outros. A viagem, entre os muitos benefícios que nos causa, traz em si o poder de nos desinstalar, de nos fazer sair do comodismo e contemplar, em outros, o quanto podemos ser melhores.

ADNA disse...

Arrumar a mala, comprar as passagens, imaginar o lugar, as pessoas que vamos encontrar e as possíveis situações que vamos viver... os abraços de despedida, a expectativa feliz das futuras novidades, tudo isso faz parte da viagem e é prazeroso vivê-lo. Quem parte tem sempre uma meta a ser alcançada e muitas viagens são, na verdade, a concretização de sonhos alimentados durante anos. O COMENTARIO A CIMA E MEU TBEM , NÃO É ANOMINO. ADNA

Marijane disse...

voltar para casa... e quando a casa não é mais a mesma? quando pessoas que amamos não estão mais lá? daí, a gente volta pra onde?

Valdecir disse...

Eu não sei quanto às outras pessoas, mas eu só sei usar, da maneira mais completa, meu próprio banheiro. Não consigo me sentir à vontade sentado em outras privadas que não a minha, com o meu gibizinho na mão e horas sentado no meu trono. No meu lar eu sou Rei.
Nossa casa é um porto seguro, certo, firme, absoluto. Podemos ir a qualquer lugar sempre sabendo para onde iremos retornar. É talvez essa a melhor graça de qualquer viagem, e ir a qualquer lugar: o fato de que você vai voltar de lá. As pessoas que conhecemos em todos os lugares por onde andamos também gostam de viajar e certamente viajam para outros lugares, Afinal, aquele onde estão é seu lar, e lá eles possuem seu emprego, suas referências, mas quando querem férias, preferem abrir boa distância de lá. Eles preferem outros lugares. E nós mesmos, uma vez já tendo visitado algum lugar, de vez em quando pensamos em voltar. Na maior parte das vezes, queremos visitar outros lugares e não um que já conhecemos.
Algumas poucas pessoas que conheço é que, ao visitar algum lugar, decidiram para lá se mudar e de fato o fizeram. A maioria simplesmente volta para casa, para perto das suas referências. Onde estão os amigos e parentes e todas as coisas que fazem a vida ter sentido.

Um cordial abraço.

Valdecir